Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Aurorar 4.0

Com sentimento, no ideário virtual de um percurso real.

Aurorar 4.0

Com sentimento, no ideário virtual de um percurso real.

Não renego a felicidade

 

 

 

Quando partes para esse teu mundo de fantasia
Esperas que eu fique aqui e aguarde tranquilo,
Esperas que eu trabalhe e faça isto e aquilo.
Despedes-te com um sorriso e uma qualquer ironia.

O teu olhar é cruel, gélido, e cega a minha alegria.
Refugio-me no silêncio e pensas ser tu a urdi-lo.
As horas passam e passam os dias e nós nesse silo,
Presos nessa violência invisível, na raiva da tua tirania.

Quando voltares dessa tua viagem alucinada
Esperas que eu esteja aqui de braços abertos,
Esperas que te abrace e não te diga nada.

Agrides-me e tens os meus carinhos por certos.
Eu estou cansado da vida escusa e amargurada,
Os meus sentidos doridos estão despertos.



Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2006.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Insónia e bulício

 

  

  

  

Há mais de quatro luas que não durmo bem.
Como posso eu dormir descansado se o coração não repousa?
Bate louco como se corresse perigo, eu ou alguém.
  
Jaz em mim a vontade de correr e fugir mundo fora.
Estou só, tão tristemente só e só triste.
Onde estás alegria? Vida de paz porque partiste?
Ai vontade e força… foram, sem pena, embora.
  
Erguer a cabeça e respirar fundo. É inútil a preocupação.
Já fiquei assim outras vezes e nada consegui resolver.
O que for será. Nunca descobrirei antes e em razão.
  
Nunca conseguirei perceber estes estados de ser deprimido,
Repletos de angústia e de premunições. Ora vão, ora vem.
Não se fazem anunciados. São de todos e são de ninguém.
São a loucura próxima de um estranho e completo perdido.
  
Os demónios de um futuro? Para o abismo com tudo isto.
Alegria, liberdade revigorante, são a paz, o tónico para a manhã.
Seja como for, é para a vida e pela vida que eu existo.
   
  
6, 7, 18 e 19 de Dezembro de 2006

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Arquivo

  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2010
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2009
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2008
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2007
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2006
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

bP